Saúde e DDHH
30/03/2009
Escolas públicas do estado e do município do Rio vão parar hoje para fazer manifestações na prefeitura, SEE e Centro do Rio

Nesta segunda-feira (dia 30 de março ), os profissionais das 1.640 escolas da rede estadual (cerca de 1,5 milhão de alunos)  e das 1.054 escolas da rede municipal do Rio (cerca de 700 mil alunos) vão fazer uma paralisação de 24 horas para participar das atividades do “Dia Nacional de Luta Contra as Demissões” promovido por diversas centrais sindicais e entidades do movimento civil e estudantil em todas as capitais do país.

 

Município protesta pela manhã na prefeitura e rede estadual ao meio dia, na SEE

 

Nesta dia, antes das atividades do Dia Nacional de Luta Contra as Demissões, os profissionais de educação realizarão duas manifestações distintas: às 10h, os professores e funcionários das escolas municipais farão um protesto na porta do Centro Administrativo São Sebastião (Praça Onze) para reivindicar melhores salários e condições de trabalho e autonomia pedagógica nas escolas. Ao meio dia, será a vez dos profissionais das escolas estaduais, que se concentrarão na porta da Secretaria de Estado de Educação (SEE) (Rua da Ajuda, no Centro) para lançar a campanha salarial 2009 e exigir reajuste e melhores condições de trabalho.

 

Logo após os dois protestos, a categoria participará do ato unificado contra as demissões, organizado pelas diversas centrais trabalhistas na Candelária, com concentração a partir das 14h.
Sindicato Estadual dos Profissionais de Educação do RJ
Endereço: Rua Evaristo da Veiga, 55 - 8º andar - Centro - Rio de Janeiro/RJ
Telefone: (21) 2195-0450