Saúde e DDHH
05/06/2014
CATEGORIA DECIDIU QUE A GREVE CONTINUA - PRÓXIMA ASSEMBLEIA SERÁ DIA 13


Em assembleia realizada no dia 5 de junho, reunindo centenas de profissionais no pátio do Ministério da Educação (Centro do Rio) - foto -, as redes estadual e municipal do Rio de Janeiro decidiram manter a greve unificada da Educação, iniciada dia 12 de maio. A assembleia estava marcada para o auditório da ABI, mas o grande número de profissionais das duas redes obrigou a mudança para a área externa do MEC, por razões de segurança.

Após a plenária que votou pela continuidade da greve e definiu a data da próxima assembleia para o dia 13 de junho, às 14h, no Clube Municipal, na Tijuca (veja o calendário completo abaixo), a categoria seguiu em passeata até a Candelária, para se integrar à mobilização de diversas categorias em greve e em luta, que se encontravam no local.

Durante a caminhada, os profissionais de educação realizaram rápidos atos públicos em frente ao Fórum do Tribunal de Justiça, onde ocorreu uma audiência de conciliação, no dia 3, e depois um nova parada em frente à Assembleia Legislativa.

Calendário

7 de junho (sábado): Plenária dos profissionais que respondem a inquéritos administrativos com a presença do Departamento Jurídico, no auditório do Sepe, às 10h.

9 de junho (segunda-feira): Ato da Educação, com concentração na Candelária, às 10h.

11 de junho (quarta-feira): Campanha Eu Vou Doar Meu Sangue pela Educação (local e horário a confirmar).

12 de junho (quinta-feira): Ato unificado das categorias em greve e em luta, às 10h, Candelária.

13 de junho (sexta-feira): Assembleia geral unificada, às 14h, no Clube Municipal (Rua Haddock Lobo 359 – Tijuca). Neste mesmo dia, Conselho Deliberativo, às 9h (local a confirmar).

Pauta unificada de reivindicações da educação

1) Plano de carreira unificado;

2) Reajuste linear de 20% com paridade para os aposentados;

3) Contra a meritocracia e pela autonomia pedagógica;

4) Não à privatização da educação;

5) Contra o repasse das verbas para empresas, bancos, Organizações Sociais, fundações;

6) Fim da terceirização;

7) Cumprimento de 1/3 de planejamento extraclasse !

8) 30 horas para os funcionários administrativos, !

9) Eleição direta para diretores;

10) Uma matrícula uma escola;

11) Equiparação salarial entre PEI, PI e PII;

12) Reconhecimento do cargo de cozinheira (o) Escolar;

13)15% de reajuste entre níveis;

14) Convocação dos concursados de 40 horas.


Sindicato Estadual dos Profissionais de Educação do RJ
Endereço: Rua Evaristo da Veiga, 55 - 8º andar - Centro - Rio de Janeiro/RJ
Telefone: (21) 2195-0450