Saúde e DDHH
11/07/2018
Impeachment de Crivella: vigília nesta quinta (12/7), na Cinelândia, para acompanhar abertura do processo

O Sepe convoca os profissionais da rede municipal do Rio de Janeiro para acompanhar, na Câmara de Vereadores, a sessão extraordinária que poderá decidir a abertura do processo de impeachment do prefeito Crivella, que ocorrerá nesta quinta-feira (dia 12/7) na sede do Legislativo, a partir de 12h. O pedido de impeachment foi feito por vereadores da bancada de oposição e contou com a assinatura de mais de 21 parlamentares, mesmo com a casa em recesso.

A categoria está em estado de greve desde o dia 10 de maio, o que significa que a assembleia convocada para o dia 8 de agosto, com paralisação de 24 horas, poderá decidir pela declaração de greve por tempo indeterminado. Os profissionais da educação municipal do Rio também aprovaram, em assembleia, o “Fora Crivella”, em reação aos ataques perpetrados pela gestão Crivella aos servidores e, especialmente, aos servidores da educação.

Depois de muitos anos, o prefeito não concedeu o reajuste em 2017 para o funcionalismo municipal, quebrando uma obrigação com o funcionalismo. E agora caminha para o meio do segundo ano do mandato sem anunciar o reajuste em 2018 – os profissionais de educação reivindicam 13% de reajuste. A assembleia do dia 8 de agosto ocorrerá paralisação na Quadra da São Clemente, às 9h.

Alvo de uma série de denúncias desde que assumiu o cargo há um ano e meio, o prefeito agora é acusado por oferecer vantagens e regalias para um grupo de pastores evangélicos, que participou de uma reunião na sede da prefeitura. Com base nestas denúncias e na crise que toma conta da administração municipal, vereadores da oposição conseguiram reunir o número de assinaturas suficientes para a abertura da discussão de um processo de impedimento contra o prefeito, cujos debates serão iniciadas nesta quinta-feira (dia 12/7) na parte da tarde.

Para seguir adiante até a confirmação do afastamento em definitivo, serão precisos 2/3 de votos favoráveis ao impedimento em duas sessões, conforme determina a Lei Orgânica do Município.

O Sepe e demais entidades do movimento de luta dos servidores municipais convocam as categorias para acompanharem o processo de discussão e pressionarem os demais vereadores a abrirem o processo de impeachment contra Crivella, que além de não conduzir o governo municipal com a dignidade requerida para o cargo, congela salários dos servidores e criou uma alíquota previdenciária para os aposentados municipais, aprovada na semana passada na Câmara de Vereadores.

A gestão de Crivella é tão incompetente e irresponsável com o erário que mesmo um projeto acordado pelo MUSDPM-RJ junto à bancada governista para ir a voto no plenário da Câmara, o PL 855, que propõe medidas de capitalização do FUNPREVI, foi retirado de pauta de maneira inexplicável a pedido do chefe da Casa Civil do prefeito.

O prefeito diz que não há verbas, mas continua isentando a FETRANSPOR do pagamento de ISS, mesmo com o aumento da passagem e a continuidade da dupla função de motoristas. Empresas permanecem devendo bilhões aos cofres públicos, sem nenhuma punição.

O secretário da Casa Civil e o secretário de Educação protagonizam, publicamente, e há meses, uma briga onde são feitas acusações sérias sobre a realização de contratos.

Além disso, a imprensa noticia, constantemente, o aumento dos cargos comissionados, incluindo nomeação de parente de vereador. Mas para o funcionalismo, NADA!

O prefeito tentou fechar até a Creche Institucional, no Centro Administrativo. Foi a mobilização dos servidores que garanti o seu funcionamento.

Diante destes fatos, os servidores reafirmam que as dificuldades alegadas pela Prefeitura não foram causadas pelos servidores.

Por todos esses fatos, os servidores da educação municipal do Rio estarão na vigília pela abertura de processo de impeachment do prefeito Crivella nesta quinta-feira, dia 12.

Sindicato Estadual dos Profissionais de Educação do RJ
Endereço: Rua Evaristo da Veiga, 55 - 8º andar - Centro - Rio de Janeiro/RJ
Telefone: (21) 2195-0450