Saúde e DDHH
03/01/2018
Nota do Sepe sobre a última convocação de concursados da rede estadual
Ontem, dia 2 de janeiro, a SEEDUC publicou um edital de convocação de professores concursados no Diário Oficial do Estado do Rio de Janeiro (das páginas 23 a 26), contendo uma lista com mais de 300 profissionais chamados para trabalhar nas mais diversas Metropolitanas da rede estadual. A convocação é uma vitória da categoria e do Sepe, que sempre lutaram para garantir a nomeação de profissionais por meio de concurso público. 
O problema é que a chamada realizada agora já havia sido realizada há dois anos, quando os profissionais se apresentaram com os exames médicos requisitados pela Perícia Médica do Estado, mas não foram efetivados. O Ministério Público, preocupado com a carência de professores nas escolas estaduais entrou no circuito e a convocação voltou a ser realizada agora.
Mas a exigência da SEEDUC para que estes profissionais tenham que apresentar novamente toda a bateria de exames exigidos pela Perícia Médica – e que já haviam sido apresentados na chamada realizada há dois anos – está preocupando e revoltando os convocados. Além do tempo para a realização dos mesmos ser exíguo (eles tem que se apresentar já na próxima segunda-feira, dia 8 de janeiro), há também o problema do custo destes exames. Ou seja, os profissionais teriam que arcar novamente com os custos destes exames.
Ciente do problema, o Sepe entrou em contato com a SEEDUC para obter mais esclarecimentos, mas a Secretaria afirmou no edital que os exames têm que ter prazo de validade máximo de 60 dias. O sindicato recomenda que os profissionais se aprsentem na segunda-feira atendendo à convocação da SEEDUC e que qualquer problema com relação aos exames ou  outros o Departamento Jurídico do Sepe deve ser procurado.  
Sindicato Estadual dos Profissionais de Educação do RJ
Endereço: Rua Evaristo da Veiga, 55 - 8º andar - Centro - Rio de Janeiro/RJ
Telefone: (21) 2195-0450