Saúde e DDHH
18/10/2007
Sepe Nova Iguaçu realiza paralisação dia 23

Os profissionais de educação da rede municipal de Nova Iguaçu realizam uma paralisação de 24 horas no dia 23 de outubro (terça-feira), com assembléia às 9h, no Sindicato dos Metalúrgicos.

Segue o comunicado completo enviado pelo núcleo de Nova Iguaçu:

Na assembléia da Rede Municipal realizada no dia 27 de setembro de 2007, foi aprovada uma proposta de avaliação da Política Educacional implementada pelo governo Lindberg. Tendo em vista a não implementação das promessas de campanha, dos acordos feitos com a categoria, e a proximidade do ano eleitoral (2008), os profissionais da educação reunidos decidiram avaliar a situação da educação no município.

Pontos prometidos e não cumpridos:

Onde estão as 200 salas de aula construídas? Continua alugando prédios sem condições de uso e mantendo bolsas de estudo;

Ampliou a oferta de vagas de 0 a 6 anos? O censo do INEP diz que não;

Revisão do plano de carreira? Ficou só na promessa.

Incorporação de todo o abono no primeiro ano de governo? Criação da vantagem pessoal sobre 20% do abono. Ainda diz que é culpa dos aposentados.

Transparência no uso dos recursos da Educação: nunca apresentou qualquer prestação de contas ou estudo que justificasse o não atendimento das nossas principais reivindicações.

Respeito e garantia de direitos: Estamos até hoje esperando a efetivação dos pontos acordados na audiência de...ABRIL

E a exemplo dos últimos governantes, Lindberg deixa de aplicar, só em 2005, cerca de R$ 15 milhões, e em 2006, R$ 20 milhões dos recursos que são destinados para a Educação.

Tal constatação é fundamentada em estudos das contas apresentadas pelo governo ao Tribunal de Contas do Estado, bem como dos balancetes da própria Prefeitura. É bom lembrar, que mesmo com dinheiro suficiente para fazer do município referência em Educação, o Prefeito se contenta apenas em garantir aumento da gratificação das diretoras, e cortar o ponto dos outros profissionais que paralisaram para reivindicar seus direitos.

Portanto, sua participação neste plebiscito é fundamental. Informe-se na sua escola sobre este processo.

Sindicato Estadual dos Profissionais de Educação do RJ
Endereço: Rua Evaristo da Veiga, 55 - 8º andar - Centro - Rio de Janeiro/RJ
Telefone: (21) 2195-0450