Saúde e DDHH
27/01/2017
SEPE TEVE AUDIÊNCIA COM O NOVO SECRETÁRIO MUNICIPAL DE EDUCAÇÃO DO RIO DE JANEIRO, CÉSAR BENJAMIN


A direção do Sepe teve uma audiência no início da noite desta quinta-feira (dia 26/1) com o novo secretário municipal de Educação, Esporte e Lazer, César Benjamin. O encontro foi realizado na sede da SME, na Praça Onze (Centro Administrativo São Sebastião) e dele participou a coordenação geral do Sepe e Benjamin. Veja o que foi discutido na reunião:

Sobre a reestruturação nas escolas municipais, o secretário inforumou que recebeu parecer escrito das CRE’s, a partir das reuniões realizadas com o SEPE e do levantamento de problemas da rede. Ele disse que a reestruturação está suspensa, mas os profissionais que escolheram nova lotação não poderão retornar às escolas de origem, por que isto inviabilizaria o início do ano letivo. Os profissionais que não escolheram nova lotação permanecerão na escola de origem e uma comissão composta pelo SEPE, SMELL, professores e funcionários que estão nesta situação buscará uma solução caso a caso, indo a campo buscar as soluções locais. Segundo a secretaria, ninguém será removido compulsoriamente.

A direção do Sepe pontuou que nem todas as CRE’s realizaram reuniões com as regionais do SEPE e que o debate da reestruturação não havia sido feito com a comunidade escolar, acrescentando que os profissionais foram coagidos a escolher nova lotação, numa remoção compulsória feita sem apresentação de nenhum documento da SME.

O secretário insistiu que não havia como promover o retorno dos profissionais para as escolas. A primeira reunião da Comissão acontecerá na EM Noel Nutes, dia 31 de janeiro, às 9h.

O SEPE entregou um relatório com todas as paralisações e greves realizadas durante o governo de Eduardo Paes, cobrando o abono funcional e a devolução dos descontos da greve de 2014. O secretário disse que iria estudar o caso e entregar a reivindicação ao prefeito Marcelo Crivella. O Sepe já entregou um ofício solicitando uma audiência com o novo prefeito e aguarda a resposta do chefe do Executivo municipal.

César Benjamin informou que as Chefias das CRE’s permanecerão até as eleições. O Sepe reivindicou presença no Grupo de Trabalho que irá organizar estas eleições, pois a comissão é composta apenas de diretores e coordenadores de CRE.

A direção do sindicato também cobrou o cumprimento do 1/3 de carga horária para planejamento; a redução da carga horária de funcionários para 30 horas; a convocação dos concursados e convocação de novos concursos; a migração (incluindo o tema do concurso de 1992); valorização profissional, entre outros temas. Todos ficaram de ser discutidos nas próximas reuniões. O secretário concordou com a realização destas reuniões temáticas.


Sindicato Estadual dos Profissionais de Educação do RJ
Endereço: Rua Evaristo da Veiga, 55 - 8º andar - Centro - Rio de Janeiro/RJ
Telefone: (21) 2195-0450